O WAC Casablanca sagrou-se na segunda-feira campeão africano de futebol pela terceira vez na sua história, ao vencer na final o detentor do troféu, Al Ahly, por 2-0.

A jogar em casa, no ‘seu’ Stade Mohamed V, em Casablanca, a formação marroquina assegurou o triunfo diante dos egípcios graças a um ‘bis’ de Zouheir El Moutaraji, aos 15 e 48 minutos.

O Al Ahly, recordista de troféus (10) e que tinha conquistado as duas edições anteriores da competição, terminou o encontro reduzido a 10 elementos, por expulsão do central Rami Rabia (90+2 minutos), jogador que passou pelo Sporting em 2014/15.

Esta foi a terceira vez que o WAC Casablanca conquistou a ‘Champions’ africana, depois de já ter erguido o troféu em 1992 e 2017.

Com esta conquista, o conjunto marroquino igualou os ganeses do Assante Kotoko e os rivais e compatriotas do Raja Casablanca, todos com três títulos africanos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.