O Sporting falhou, este domingo, a conquista do Troféu Cinco Violinos ao perder em casa frente aos espanhóis do Valencia por 2-1. A formação leonina ainda esteve a ganhar, mas a equipa do português Gonçalo Guedes, titular no encontro, foi mais forte e deu a volta ao marcador.

Este foi o segundo ano consecutivo em que os leões perderam o jogo de apresentação aos sócios, depois de no ano passado o Empoli ter ganho no Estádio José Alvalade. Antes, a formação verde e branca tinha ganho as seis primeiras edições.

Os leões, que se apresentaram em campo com o terceiro equipamento, começaram a partida a todo o gás e colocaram-se em vantagem logo aos quatro minutos com um golaço de Bas Dost. Raphinha assiste o holandês que atira uma bomba para o fundo das redes de Domenech.

O Valencia não podia ter sido mais pronto na resposta a este golo madrugador e empatou atráves de um pontapé de canto à passagem do minuto nove. Parejo bateu na esquerda e Kondogbia apareceu a cabecear sem hipóteses para Renan Ribeiro.

O jogo foi-se desenrrolando sem grandes oportunidades nos minutos seguintes, até que aos 27 minutos Raphinha, numa iniciativa individual, entrou na área do Valência e a passou por vários jogadores, mas não conseguiu rematar e acabou por cair sem falta.

Na jogada seguinte foi o Valencia que esteve perto de dar a volta ao marcador. Daniel Wass, antigo jogador do Benfica, cruzou na direita e Maxi Gómez apareceu a cabecear para uma defesa a dois tempos de Renan Ribeiro.

O Sporting criou perigo também junto da baliza valenciana aos 31 minutos. Vietto num remate cruzado faz a bola chegar à cabeça de Raphinha que atira a poucos centímetros do poste.

Aos 36', Garay, velho conhecido do futebol português, teve espaço dentro da área leonina para dominar e rematar de pé direito para defesa apertada de Renan Ribeiro.

Em cima do apito para o intervalo de João Pinheiro, Luciano Vietto ficou em excelente posição para marcar, após erro de Domenech numa saída de bola, mas o argentino atirou para fora, num lance em que podia ter feito mais.

No início do segundo tempo, e já com o Sporting a atuar com a camisola principal para a nova época, Coates fez falta sobre o ex-Benfica Rodrigo Moreno dentro da grande área e o árbitro João Pinheiro não teve dúvidas em marcar a respectiva grande penalidade. Na cobrança do castigo máximo, Renan adivinhou o lado e defende o remate do mesmo Rodrigo com a recarga a sair por cima.

O Valencia estava mais ativo no segundo tempo, e conseguiu a reviravolta no marcador aos 65 minutos. Rodrigo Moreno progrediu pela esquerda e cruzou rasteiro para Kevin Gameiro encostar para o 2-1.

Aos 76 minutos, grande jogada colectiva do Sporting que podia ter dado em golo. Eduardo Henrique serviu Raphinha que já dentro da área rematou de primeira para defesa apertada de Cillesen. Na recarga, Bruno Fernandes atirou muito por cima.

O Sporting reclamou depois, à passagem dos 83 minutos, uma grande penalidade por mão na área de Cristiano Piccini, antigo jogador leonino, mas o árbitro João Pinheiro mandou seguir. No minuto seguinte, Bruno Fernandes colocou a bola nas costas da defesa espanhola, mas Diaby chegou um pouco atrasado para o desvio.

Aos 86', o capitão Bruno Fernandes, muito ativo nos últimos minutos, rematou em arco com Jasper Cillessen a voar para evitar o empate na partida.

O Sporting disputou o último jogo de preparação, não tendo alcançado nenhuma vitória nos seis jogos disputados: três empates e três derrotas.

A estreia oficial dos leões na nova temporada vai acontecer no próximo domingo, 04 de agosto, frente ao rival Benfica, na final da Supertaça portuguesa, no Estádio Algarve.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.