O Sporting perdeu com o Sevilha no desempate por penáltis e viu o Sevilha conquistar o Troféu Cinco Violinos após um empate a um golo ao fim de 90 minutos, naquele que foi o jogo de apresentação dos leões aos sócios para a temporada 2022/23.

Com uma primeira parte muito abaixo do que era exigido, os leões viram o Sevilha ganhar vantagem por intermédio de Jesús Corona. Porém, os vice-campeões nacionais melhoraram bastante nos segundos 45 minutos e chegaram ao empate por Paulinho. Depois, nos penáltis, Fatwah falhou à sexta grande penalidade e o Sevilha recebeu o troféu.

Veja as melhores imagens do encontro

Primeira parte para esquecer e Sevilha na frente ao intervalo

Rúben Amorim apostou num onze inicial com apenas um reforço, com Francisco Trincão a fazer companhia a Paulinho e Pedro Gonçalves no ataque.

Do outro lado, o Sevilha, com um antigo jogador do Sporting e vários outros velhos conhecidos do futebol português, entrou bem melhor no encontro, criando problemas aos leões, incapazes de sair em condições para o ataque.

Foi, pois, com naturalidade que o Sevilha chegou ao golo, a meio da primeira parte, com dois desses velhos conhecidos do futebol português (ambos antigos jogadores doo FC Porto) no lance. Adán, infeliz, colocou a bola pés de Oliver Torres e este, com um passe fantástico, isolou Jesús Corona, que não perdoou.

O Sporting - que sofreu ainda um contratempo, com a lesão de Ugarte, substituído pelo reforço Morita - continuou na mesma toada desinspirada e só em cima do intervalo conseguiu criar perigo, num remata de primeira de Nuno Santos defendido para canto pelo guarda-redes do Sevilha

Leões em crescendo no segundo tempo, golaço de Paulinho a empatar

Apesar da primeira parte para esquecer, Amorim não mexeu ao intervalo e o 0-2 esteve à vista logo a abrir a segunda parte, valendo Adán. Mas, progressivamente, o Sporting foi crescendo e as oportunidades começaram a surgiur, com a qualidade do futebol leonino a melhorar bastante nos segundos 45 minutos.

Paulinho atirou ligeiramente ao lado na conclusão de um excelente lance coletivo, Matheus Reis errou cabeceou por cima na sequência de um canto e, novamente, Paulinho, com um remate forte, errou por pouco o alvo.

As duas equipas foram, então, procedendo a várias mexidas e acabou mesmo por ser Paulinho a fazer o empate. Grande passe de Pedro Gonçalves a desmarcar o avançado, que rematou fortíssimo e colocado para o fundo das redes.

Apesar de se tratar de um jogo de preparação, e como em jogo estava o Troféu Cinco Violinos, foi preciso recorrer a um desempate por penáltis para decidir o vencedor e, aí, depois de ninguém ter falhado na série de cinco,

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.