O governo de Benguela manifestou terça-feira a sua consternação pela morte dos 16 adeptos da Académica do Lobito, domingo último, na localidade do Pundo, município do Lobito, vítimas de acidente de viação.
 
De acordo com uma mensagem de condolências chegada à Angop, o governo de Benguela endereça as suas “mais sentidas condolências” aos familiares, amigos e à direcção do clube da Académica do Lobito, bem como à comunidade desportiva enlutada.
 
Aproveita a ocasião para apelar à observância escrupulosa de uma condução cuidada e responsável, que privilegie a tolerância nas estradas e promova a segurança entre os utentes desta infra-estrutura indispensável ao desenvolvimento socio-económico do país.
 
«O governo provincial expressa de igual modo a sua total solidariedade às famílias das vítimas as quais transmite o seu amparo moral e psicológico, neste momento lancinante», lê-se na mensagem.
 
Segundo ainda a mensagem, o infausto acontecimento deve mobilizar todos cidadãos a uma reflexão e ao elevar da consciência de cada um, face às arrepiantes ocorrências de sinistralidades rodoviárias.
 
Os funerais dos 16 adeptos decorreram esta tarde.
 
O acidente ocorreu quando regressavam da vizinha província do Huambo, onde haviam assistido à partida de futebol da terceira jornada da série B, em que a Académica perdeu para o Petro do Huambo por 2-0.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.