A equipa do Recreativo do Libolo, campeão angolano de futebol, regressou esta terça-feira à capital do país, proveniente de Portugal, onde se encontrava desde o dia dois de Janeiro, onde cumpriu um estágio pré-competitivo, com vista a época desportiva de 2016, que arranca a sete de Fevereiro, com a disputa do jogo da Super-Taça de Angola, frente ao FC 11 Bravos dos Maquis.

Depois do desembarque dos jogadores e outros membros da comitiva no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o técnico principal do clube, o português João Paulo da Costa, evitou prestar declarações alegando “ausência de orientação superior” para o efeito.

Durante a estadia em terras lusas, a equipa sénior do Libolo disputou com turmas locais alguns jogos de preparação, assim como aproveitou a ocasião para treinar com algumas equipas da Europa, como o Zenit, da Rússia que se encontrava também a estagiar em Portugal.

Para a presente temporada, os comandados de João Paulo da Costa contam com vários reforços, com realce para o ponta-de-lança brasileiro Luís Filipe, contratado pelo Libolo ao Estoril.

O Recreativo do Libolo, campeão angolano, pretende renovar o título do atual Gira-Bola Zap-2016. No próximo domingo, disputa no Estádio dos Coqueiros, em Luanda, o jogo da Super-Taça, frente aos Bravos dos Maquis, e vai defrontar também, a 14 de Fevereiro, em Calulo (Cuanza Sul), o Racing de Micomiseng da Guiné Conacri, em partida a contar para à primeira “mão” da preliminar da 20ª edição da Liga dos Clubes Campeões Africanos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.