Portugal falhou o apuramento direto para o Europeu de 2012, sendo relegada para o “play-off”, ao perder por 2-1 na Dinamarca, num jogo em que a seleção nacional revelou muitas dificuldades a nível defensivo.

Os problemas defensivos da Seleção Nacional ficaram bastante visíveis em Copenhaga e se não fosse Rui Patrício o resultado poderia ter sido uma humilhante goleada.

Valeram os golos de Michael Krohn-Dehli, aos 13 minutos, e Nicklas Bendtner, aos 63, para que Portugal fosse relegado para os playoff de apuramento do Euro 2012.

Portugal somou os mesmos pontos da Noruega (cada equipa venceu em casa por 1-0), terceira, tendo valido ao “onze” de Paulo Bento, que sofreu o primeiro desaire, ao 11.º jogo, uma maior diferença de golos – 20-12 contra 10-7 dos noruegueses (3-1 ao Chipre).

Veja um especial com os lances mais perigosos para a baliza de Rui Patrício.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.