Em declarações à Angop, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o técnico-adjunto Ivo Traça disse que o único objectivo do grupo é vencer o encontro de sábado, por forma a encarar o jogo de resposta, em Luanda (dia 29) com maior tranquilidade.

Acrescentou que os atletas estão todos moralizados para o confronto e focados na vitória ou pelo menos num empate, no reduto do adversário, para assegurar a passagem à fase de grupos, no Estádio 11 de Novembro.

“O conjunto está imbuído em conseguir uma vitoria em casa do adversário, para facilitar na partida da segunda mão em nossa casa, não temos nenhuma baixa e tudo faremos para fazer uma boa partida”, referiu o técnico-adjunto “militar”.

Para esta “missão Lusaka“, o treinador Dragan Jovic levou 19 jogadores.

Na eliminatória anterior, o campeão angolano superou o KMKM FC da Tanzânia, com uma vitória de 2-0, em Dar es Salaam, e igual resultado no confronto da segunda mão, no Estádio 11 de Novembro, com Ary Papel e Zito Luvumbo a serem determinantes.

A partida de sábado acontece às 14h00 (hora de Angola), no Estádio Nkoloma, com capacidade de 50 mil espectadores, devendo os “rubro e negro” realizar dois treinos, sendo um no período da manhã de quinta-feira e outro (de reconhecimento do campo) sexta-feira.

Para a presente temporada o 1º de Agosto conta com os guarda-redes Tony Cabaça, Julião e Neblú; os defesas Bobó, Bonifácio, Massunguna, Jó Isaac, Paizo e Natael; os médios Ibukun, Buá, Kila, Macaia, Mongo, Catraio Zito, Cirilo, Atouba, Nelson Luz e Mário.

Tem ainda à disposição os avançados Melono, Dagó, Mabululo, Ary Papel, Capita e Leonel Yombi.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.