A revista 'So Foot' publicou esta sexta-feira uma entrevista com Arsène Wenger, antigo treinador do Arsenal, na qual este é convidado a responder à pergunta que divide o futebol: Cristiano Ronaldo ou Lionel Messi. Apesar de reconhecer muitas qualidades ao avançado português da Juventus, o treinador francês admite que prefere o argentino.

"Os registos dele [Cristiano Ronaldo] são inegáveis. Não é um grande criador. Costumo dizer que Ronaldo é o atleta-jogador e Messi é o artista de exceção. Essa é a diferença entre os dois. Depois, toda a gente prefere um ou o outro", começa por dizer.

No entanto, Arsène Wenger acrescenta que "quando se adora o jogo, prefere-se o artista. O criativo faz-te descobrir coisas que não viste, que nem te apercebeste a partir das bancadas. É mais fino, mesmo que não negue a qualidade do português".

"Acredito, simplesmente, que o futebol evoluiu para o estilo de Ronaldo. Isto não significa que devemos eliminar os criativos. As regras devem evoluir para tornar o jogo mais espetacular, mais belo de se ver", rematou ainda Arsène Wenger.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.