A direção central da Polícia Judiciária (DCPJ) francesa abriu um inquérito às alegadas tentativas de extorsão ao futebolista Paul Pogba, com o envolvimento do seu irmão, segundo uma fonte próxima do processo citada hoje pela agência noticiosa AFP.

Esta informação surgiu horas depois de os advogados do internacional francês Paul Pogba, que alinha nos italianos da Juventus, terem denunciado “ameaças e tentativas de extorsão” de vários milhões de euros contra o atleta, referindo que as autoridades francesas e italianas estão informadas sobre a situação.

A declaração assinada pelos advogados e pela agente do jogador foi tornada pública um dia depois de o seu irmão mais velho, Mathias Pogba, de 32 anos, prometer "revelações explosivas" sobre Paul Pogba.

"As recentes declarações de Mathias Pogba não são, infelizmente, uma surpresa. Elas vêm juntar-se às ameaças e tentativas de extorsão de um grupo organizado contra Paul Pogba", sublinharam no comunicado, acrescentando que as autoridades em França e Itália já estão informadas e que não será efetuado mais nenhum comentário “enquanto decorre a investigação”.

Num vídeo colocado nas redes sociais, Mathias Pogba, também futebolista, anunciou no sábado "revelações explosivas sobre o irmão Paul Pogba e a sua agente Rafaela Pimenta", sem concretizar sobre o que se referia, acrescentando que também tinha “coisas importantes para contar” sobre Mbappé, futebolista do Paris Saint-Germain (PSG).

Paul Pogba, campeão mundial em 2018, que regressou à Juventus após seis temporadas nos ingleses do Manchester United, está atualmente a recuperar de uma lesão no joelho direito. A equipa italiana é um dos adversários do Benfica na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.