No primeiro jogo em Camp Nou depois de Pep Guardiola ter anunciado a sua saída no final da época, a equipa do Barcelona venceu o Málaga por 4-1 e adia assim a festa do título do Real Madrid por algumas horas, já que os merengues jogam ainda esta noite.

Com um onze recheado de alterações, o Barcelona permitiu ao Málaga entrar por cima no jogo e foi o português Duda a criar a primeira situação de perigo do jogo, num remate ao poste após a cobrança de um livre direto.

O Barcelona reagiu e inaugurou o marcador por Puyol, à passagem do minuto 14. O central apareceu desmarcado na área malaguenha e concluiu com um remate certeiro uma jogada de combinação entre Messi e Iniesta.

Apesar da vantagem, os blaugrana continuaram em ritmo baixo e aproveitou a equipa de Pellegrini para chegar ao empate, por Rondón. O avançado antecipou-se a toda a defesa catalã e, de cabeça, bateu o guarda-redes Pinto.

Sem grande velocidade, o Barcelona acabou por regressar à vantagem. Iniesta foi derrubado na grande área e Messi aumentou para 2-1 de pénalti.

Mesmo jogando a passo, o Barcelona resolveu o jogo na segunda parte com relativa tranquilidade.

Aos 59’, Messi aumentou para 3-1, novamente na marcação de uma grande penalidade, e, cinco minutos depois, o pequeno argentino arrancou do meio campo, passou pelo guarda-redes do Málaga e só parou quando colocou a bola dentro da baliza, completando o hat-trick e aumentando para 46 os golos na liga espanhola, mais três do que Cristiano Ronaldo.

Ainda esta noite, o Real Madrid joga em San Mamés, frente ao Athletic Bilbao, e pode sagrar-se campeão espanhol, caso vença a equipa orientada por Marcelo Bielsa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.