A Direção-Geral de Saúde (DGS) publicou esta manhã uma atualização à norma sobre o período de isolamento de casos de COVID-19, diminuindo o período de 14 para 10 dias em casos ligeiros.

De acordo com o ponto 51 na norma atualizada da DGS, aqueles que apresentem "Doença ligeira ou moderada" poderão terminar o seu isolamento 10 dias depois do início dos sintomas desde que estejam três dias sem febre e sem usar antipiréticos (medicamentos contra a febre) e três dias com melhorias nos sintomas.

Esta alteração poderá permitir a Cristiano Ronaldo ver o seu período de isolamento ser diminuído, permitindo que o craque da seleção nacional perca menos jogos pela Juventus.

Tendo em conta o divulgado pela Federação Portuguesa de Futebol ontem, aquando do anúncio do caso positivo de Ronaldo, o capitão da Seleção poderá inserir-se nestes casos.

Resta agora saber se o estado de CR7 não sofreu alterações e se o capitão vai ou não realizar o isolamento em Portugal: a TVI adiantou esta quarta-feira que estaria prestes a embarcar rumo a Itália para lá cumprir o seu isolamento, beneficiando do facto de em Itália o período de quarentena ser inferior ao que até agora se registava em Portugal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.