"Fizemos uma primeira parte muito boa, controlámos as segundas bolas, arrefecemos o jogo do adversário com uma boa posse de bola e criámos oportunidades de golo", disse Carvalhal, elogiando a “exibição da equipa até ao intervalo", razão pela qual "não merecia estar a perder".

Na segunda parte, a história foi outra para o treinador do Sporting: "Sofremos um golo irregular, logo a abrir, que marcou o desafio. A equipa abanou, mas a partir das substituições fomos para cima deles, crescemos e chegámos ao golo com todo o merecimento".

Carvalhal enalteceu ainda a capacidade da equipa "para se motivar com tanto ruído à sua volta" e a postura dos adeptos que acompanharam o Sporting na deslocação a Liverpool pela sua "dedicação extrema", o que os torna "especiais".

Quanto ao jogo da segunda “mão”, em Alvalade, a 25 de Fevereiro, Carvalhal conta dar a volta ao resultado e seguir em frente: "Se tivermos o apoio do público e um clima de tranquilidade em torno da equipa, não só podemos passar como apostamos nisso".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.