O CSKA de Moscovo foi multado em 1.280 euros na sequência dos insultos racistas dirigidos pelos adeptos moscovitas ao brasileiro Malcom, do Zenit, durante o encontro de sábado, anunciou hoje a Federação Russa de Futebol (RFS).

O jogo ‘grande' da 23.ª jornada da Liga russa contou com adeptos nas bancadas do estádio do CSKA, uma vez que a RFS permite que 10% da capacidade de cada recinto seja ocupada por espetadores, como medida preventiva face à pandemia de COVID-19.

Esta não é a primeira vez que o CSKA de Moscovo, equipa conotada com o exército russo, é castigada por incidentes semelhantes, tanto pela RFS como pela UEFA.

Malcom, que se transferiu do FC Barcelona para o Zenit em agosto do ano passado, marcou dois golos na expressiva vitória do líder sobre o CSKA, por 4-0, deixando a formação de São Petersburgo cada vez mais perto do bicampeonato.

A sete jornadas do final do campeonato, o Zenit ocupa o primeiro lugar, com mais nove pontos do que o segundo colocado, o Lokomotiv de Moscovo, no qual alinham os internacionais portugueses João Mário e Éder.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.