O diretor do novo Canal 11, Nuno Santos, disse hoje que o canal, que estreia a 01 de agosto, será "a plataforma do futebol português" e que irá mostrar futebol que habitualmente "não é mostrado".

"Uma grande parte da nossa oferta são os jogos de futebol em direto, mas vamos também mostrar muito do que habitualmente não é mostrado. O 11 é a plataforma do futebol português, queremos mostrar os portugueses na sua relação com o futebol, não só cá em Portugal, mas também os jogadores e treinadores que estão fora de Portugal", revelou.

Antes da cerimónia de apresentação do Canal 11, que decorreu num restaurante de Lisboa, Nuno Santos anunciou que as competições organizadas pela FPF terão lugar nas transmissões televisivas, mas avisou que o canal terá também uma vertente de entretenimento.

"A grande maioria dos jogos das mais de 20 seleções nacionais vai estar no 11, bem como competições como a Liga Revelação, liga feminina e o Campeonato de Portugal. Vamos ter uma outra componente mais próxima dos formatos de entretenimento na nossa grelha", explicou.

Nuno Santos afirmou que o 11 será "o canal do futebol português", com debates e análises futebolísticas sem perspetivas clubísticas.

"Não somos um canal de clube nem da FPF. É o canal do futebol português. Vamos ter debates e análises dos principais momentos do futebol e das principais equipas, mas nunca o vamos fazer numa perspetiva clubística. Já há oferta suficiente no mercado em relação a isso", sublinhou.

O canal 11 inicia as suas emissões em 01 de agosto, nas operadoras Altice, NOS e Vodafone, que assinaram contratos com a FPF para a distribuição do canal desportivo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.