A Sérvia, adversária de Portugal na qualificação para o Mundial2022 de futebol, contratou Dragan Stojkovic como novo selecionador, sucedendo a Ljubisa Tumbakovic, que foi demitido em dezembro após falhar o Euro2020, anunciou hoje a federação.

A contratação de Stojkovic, que hoje completa 56 anos, surge a três semanas do primeiro jogo da Sérvia no grupo A de qualificação para o Mundial2022, frente à Irlanda, em 24 de março, três dias antes da receção a Portugal.

Enquanto jogador, Stojkovic somou 84 jogos pela seleção da Jugoslávia, entre 1983 e 2001, tendo marcado 15 golos. O médio jogou pelo Radnicki Nis, Estrela Vermelha de Belgrado, Marselha (França), Verona (Itália) e Nagoya Grampus (Japão).

Depois de encerrar a carreira de jogador, em 2001, que contou ainda com a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984, Stojkovic treinou o Nagoya, por quatro anos, antes de assumir o comando do clube chinês Guangzhou, em 2020.

A Sérvia integra o grupo A de qualificação europeia para o Mundial2022, no Qatar, que conta ainda com as seleções do Azerbaijão e do Luxemburgo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.