O Estádio Municipal Dr. Fernando Lopes e o Posto de Turismo de Trancoso vão reabrir na sexta-feira, “totalmente remodelados”, após a realização de obras de requalificação, disse hoje à agência Lusa o presidente da Câmara.

Segundo Amílcar Salvador, os dois equipamentos encontravam-se “bastante deteriorados” e necessitavam de obras de recuperação.

“A partir de amanhã [sexta-feira], disponibilizamos dois equipamentos totalmente remodelados. São os dois muito importantes para o concelho de Trancoso”, referiu.

A intervenção no Estádio Municipal custou mais de 389 mil euros e teve uma comparticipação no valor de 179.962,56 euros no âmbito do programa BEM – Beneficiação de Equipamentos Municipais.

As obras incluíram a substituição da cobertura (que era em chapas de amianto), o revestimento a capoto nas paredes da zona das bancadas e dos balneários, a melhoria do conforto térmico, a construção de uma pista de atletismo e a pavimentação da área envolvente, entre outras intervenções.

“Atendendo às obras realizadas, foi um excelente investimento, necessário e muito importante para continuarmos a ter qualidade de vida e pela disponibilização aos grupos desportivos, às associações e às escolas”, disse o presidente da Câmara Municipal de Trancoso.

O processo de construção da pista de atletismo foi acompanhado por técnicos da Associação de Atletismo da Guarda.

“Queremos que [a pista de atletismo] seja utilizada com muita frequência e queremos disponibilizá-la aos grupos desportivos, às associações e às escolas”, acrescentou.

A cerimónia de inauguração das obras de requalificação do Estádio Municipal Dr. Fernando Lopes, pelas 12:30 de sexta-feira, será presidida pelo secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel.

Para a cerimónia foi também convidada a campeã olímpica Rosa Mota, para que sirva “de motivação a muitos dos atletas e jovens” de Trancoso “que gostam do atletismo”, justificou Amílcar Salvador.

Também na sexta-feira, pelas 11:30, o município de Trancoso procede à inauguração das obras de requalificação do Posto de Turismo, que representam um investimento global de 58 mil euros e tiveram uma comparticipação de 47 mil euros do Programa de Ação da Estratégia de Eficiência Coletiva das Aldeias Históricas de Portugal 2020.

O edifício, situado junto das Portas d'El Rei, numa das entradas principais do centro histórico, encontrava-se “bastante deteriorado” e “já não respondia às atuais necessidades”, segundo o responsável.

“Hoje temos um Posto de Turismo requalificado, bonito e espaçoso, para recebermos bem quem nos visita”, disse.

Amílcar Salvador referiu à Lusa que o centro histórico de Trancoso “é dos mais bonitos do país, está bem preservado” e regista anualmente “um fluxo turístico muito significativo”, lembrando que, em 2019, só pelo castelo, passaram “quase 32 mil visitantes”.

Referiu que o município está a “apostar forte” no setor do turismo e destacou as intervenções em curso na aldeia de Moreira de Rei (onde existe aquela que é considerada a maior necrópole de sepulturas antropomórficas da Península Ibérica) e no castelo de Trancoso (com a execução do projeto “Do monumento construído ao monumento interpretado”).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.