Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, esteve reunido no Palácio de Belém com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com o primeiro-ministro, António Costa, com o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, com o presidente do Sporting, Frederico Varandas, e com um representante do Benfica e, à saída, deixou a garantia de que a cidade do Porto vai ser palco, até 2026, de uma final europeia.

A cidade do Porto iria receber em agosto de 2020 a final da Super Taça Europeia, no Estádio do Dragão, mas com as alterações ao desfecho das várias competições europeias de clubes anunciada pela UEFA esta quarta-feira, que levaram a que a decisão da Liga dos Campeões viesse para Portugal e para a cidade de Lisboa, a Super Taça Europeia passou para a cidade de Budapeste, em outubro.

"A Champions também acontece em Portugal porque a cidade do Porto organizou connosco há um ano a final da Liga das Nações da UEFA. Por isso, além de constar no nosso plano de 2020 para a eventual necessidade dos oitavos de final, a cidade do Porto, que este ano devia receber a final da Supertaça Europeia, deverá receber, já garanti ao presidente Rui Moreira, uma nova final europeia até 2026. O mesmo digo da cidade de Guimarães, igualmente sede da Liga das Nações há um ano e que está de prevenção para a Liga dos Campeões caso isso se revele necessário", sublinhou o líder máximo da FPF.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.