O mercado de transferências segue a um ritmo mais lento do que o habitual. Em ano de pandemia, as equipas de futebol tem até ao final de outubro para realizarem as contratações que desejam para 2020/21. Alguns adiantaram-se à concorrência e já fecharam as contratações que queriam, outros esperam pelas oportunidades do mercado.

Num ano em que Messi promete agitar as águas, depois de pedir para sair do Barcelona (resta saber se a custo zero, se pagando os 700 milhões da cláusula de rescisão ou se por uma verba acordada entre culés e clube comprador), o mercado já registou algumas movimentações notáveis. Alguns aconteceram com a época 2019/20 em andamento, como foi o caso da troca de Miralem Pjanic e Arthur Melo, para já a compra mais cara neste mercado de inverno.

Nesta lista de 20 compras, Trincão é o único português na lista. Alguns jogadores já jogaram pelos seus atuais clubes na época 2019/20, onde estiveram emprestados, com opção de compra obrigatória, como são os casos de Suso, Icardi, Lo Celso e Barela.

Estas são as transferências mais caras deste mercado de verão 2020/21

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.