As apostas desportivas online geraram 68,1 milhões de euros no ano passado. Os dados são dos Serviços de Regulação e Inspecção de Jogos (SRIJ), citados pelo jornal 'Público' na sua edição deste domingo. De acordo com o 'Público', o valor da atividade de jogos e apostas online, gerou 122,5 milhões de euros, com destaque para o futebol com 68,1 milhões de euros (77% do total).

Em 2017, o jogo movimentou 3519 milhões de euros, mais 11 por cento em relação a 2016. Diz o 'Público' que o maior impulso veio dos jogos explorados pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), cujos resultados foram divulgados esta sexta-feira: as apostas subiram 9,1% (equivalente a 253 milhões) e superaram a barreira dos 3000 milhões (3028 milhões), batendo assim um novo recorde.

A maior subida veio do Placard, que aumentou mais de 30 por cento, para 502 milhões de euros. É o terceiro maior jogo social em termos de receitas.

Ao todo, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa distribuiu 1838 milhões de euros em prémios em 2017. De acordo com dados dos Serviços de Regulação e Inspecção de Jogos (SRIJ), citados pelo jornal 'Público', até ao final de 2017 havia cerca de 800 mil registos de jogadores, podendo a mesma pessoa estar inscrita em várias entidades. Só no quarto trimestre houve 132 mil novos registos.

O distrito do Porto é que conta com mais jogadores (22% do total), seguido de Lisboa Lisboa (19,5%).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.