O treinador do Villarreal afirmou no final do encontro que resultado foi «duro». «Temos
de nos recuperar psicologicamente, amanhã é outro dia. A chave é ter
seriedade e recuperar rápido, levantar a cabeça, enfrentar as coisas e
trabalhar»
, concluiu na conferência de imprensa.

Juan Carlos Garrido salientou o esforço da equipa espanhola durante o jogo e afirmou que o primeiro golo do FC Porto é o momento-chave da partida. «Devíamos ter marcado mais um golo na primeira parte. Na segunda parte podíamos ter feito o 2-0 mas o FC Porto empatou. Depois, surgiram as virtudes do FC Porto. Sacaram de todo o seu reportório e fizeram cinco golos», rematou o treinador espanhol na conferência de imprensa. 

“Não digo se o resultado é justo ou não. Eles conseguiram-no”, concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.