José Peseiro deverá ser o próximo selecionador da Venezuela, sucedendo a Rafael Dudamel no comando da equipa.

De acordo com o jornal 'Record', que cita a imprensa venezuelana, Sampaoli era o favorito da Federação Venezuelana, mas os custos envolvidos com o salário da equipa técnica do argentino terão feito o governo entrar na operação e bloquear a escolha do antigo técnico do Santos.

O governo de Nicolas Maduro, através do Instituto do Desporto, orgão estatal para supervisionar a federação, optou por Peseiro que não acarretava tantos custos quando Sampaoli ou José Pekerman, que também era um dos nomes pretendidos pela Federação.

O técnico português deverá reunir este terça-feira para limar as ultimas arestas com os responsáveis federativos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto