José Mourinho viu o seu Tottenham tropeçar, mas o Liverpool seguiu-o e os dois emblemas seguem empatados na liderança para o duelo entre os dois marcado para a próxima quarta-feira. O Atlético de Madrid, com João Félix a não gostar nada de ser substituído, viu a sua invencibilidade ser quebrada frente ao Real Madrid, enquanto que André Villas-Boas segue a vencer na Ligue 1, num fim de semana em que Raphael Guerreiro viu a sua equipa ser goleada por 5-1. Este é o resumo do fim de semana dos portugueses nas principais ligas europeias.

Inglaterra

O fim de semana na Premier League ficou marcado pelo dérbi de Manchester, um dérbi sem sal, sem golos, mas com três portugueses em campo. Bruno Fernandes, do lado dos 'Red Devils', Cancelo e Rúben Dias, do lado dos 'Citizens' foram titulares na partida do último sábado que terminou com um empate a zeros.

A 12.ª jornada trouxe ainda tropeções para os dois emblemas no topo da tabela. O Tottenham, de José Mourinho, não foi além de um empate a uma bola na visita ao reduto do Crystal Palace e o Liverpool, com possibilidade de se isolar na liderança e sem Diogo Jota por lesão, deixou escapar dois pontos, com um empate a uma bola na casa do Fulham, que contou com Iván Cavaleiro a titular. Tudo empatado entre 'Spurs' e 'Reds' antes de se defrontarem na próxima quarta-feira.

O Everton, com André Gomes a cumprir os últimos sete minutos (entrou aos 83'), venceu o Chelsea por 1-0, com a grande penalidade convertida com sucesso por Sigurdsson, aos 22 minutos, a ser suficiente para garantir os três pontos à equipa de Carlo Ancelotti.

Pior sorte teve a armada portuguesa do Wolverhampton. Com Rui Patrício, Nélson Semedo, João Moutinho, Pedro Neto, Podence e Fábio Silva a titulares, a equipa de Nuno Espírito Santo acabou derrotada pelo Aston Villa já nos últimos instantes, quando uma falta de Nélson Semedo no interior da área valeu um penálti para os visitantes. El-Ghazi converteu com sucesso e garantiu três pontos para a equipa de Birmingham.

Itália

A Juventus venceu o Génova por 3-1, graças a dois golos de Cristiano Ronaldo, que com a vitória da 'vecchia signora' se tornou no primeiro jogador a alcançar as 400 vitórias nas cinco principais ligas europeias desde 2000. O capitão da Seleção Nacional converteu com sucesso duas grandes penalidade no seu 100.º jogo pela equipa de Turim. 

Cristiano Ronaldo alcança outro recorde que mais nenhum futebolista tem
Cristiano Ronaldo alcança outro recorde que mais nenhum futebolista tem
Ver artigo

Rafael Leão entrou ao intervalo na receção do AC Milan ao Parma, que contou com Bruno Alves a titular. Os dois emblemas dividiram pontos graças a um empate a duas bolas, que surgiu já depois dos 90', graças aos 'bis' de Theo Hernández.

A Roma, de Paulo Fonseca, regressou às vitórias com uma goleada frente ao Bolonha. Os romanos venceram por 5-1, com os golos a serem todos marcados durante o 1.º tempo. Foi a primeira vez em quase 90 anos que a Roma marcou cinco golos numa partida da Serie A.

Já o Nápoles, com Mário Rui a entrar aos 59', visitou a Sampdoria, com Adrien Silva a não sair do banco, e venceu por 2-1, depois dos napolitanos terem ficado em desvantagem aos 20 minutos. O Verona, com Miguel Veloso a alinhar os 90 minutos, bateu a Lazio em Roma por 2-1.

Espanha

Real Madrid acaba com invencibilidade do Atlético na Liga Espanhola. João Félix foi substituído e não gostou
Real Madrid acaba com invencibilidade do Atlético na Liga Espanhola. João Félix foi substituído e não gostou
Ver artigo

No dérbi de Madrid, o Real levou a melhor. Os 'blancos' bateram o Atlético de Madrid por 2-0 com golos de Casemiro e Oblak (na própria baliza). João Félix foi titular nos 'colchoneros', tendo sido substituído, como habitualmente, aos 60 minutos. Mas a substituição não caiu nada bem junto do jovem português...

Com Gonçalo Guedes a titular e Thierry Correia a entrar aos 71', o Valencia não foi além de um empate frente ao Athletic Bilbau (2-2), tendo permitido a reviravolta aos bascos, mas evitando a derrota nos últimos instantes.

O Barcelona recebeu o Levante, de Ruben Vezo, e Messi arrancou a vitória com um golo aos 76 minutos, suficiente para a vitória catalã. Trincão começou o jogo no banco, mas entrou aos 76' para o lugar de Philippe Coutinho.

O Bétis, com William Carvalho a realizar os 90 minutos, ficou-se pelo empate a uma bola na receção ao Villarreal, enquanto que o Granada, com Rui Silva e Domingos Duarte, venceu o Elche por 1-0.

França

O Marselha, de André Villas-Boas, voltou a vencer na Ligue 1, batendo o Mónaco, que contou com Gelson Martins a titular, por 2-1. O conjunto liderado pelo português soma 27 pontos, menos dois que os líderes Lille e Lyon, mas tem dois jogos por disputar: em caso de vitória nessas duas partidas, o Marselha passa para a liderança da Ligue 1.

O Lille bateu o Bordéus por 2-1, com José Fonte a marcar o golo da vitória em cima do minuto 45. Xeka e Tiago Djaló não foram titulares mas entraram no decorrer da segunda parte, num jogo que deixou o Lille com o mesmo número de pontos que o Lyon que bateu o PSG por 1-0.

Foi maior o susto: Neymar vai ficar de fora 'apenas' entre 10 a 15 dias
Foi maior o susto: Neymar vai ficar de fora 'apenas' entre 10 a 15 dias
Ver artigo

Danilo Pereira foi titular nos parisienses que sofreram o único golo da partida aos 35 minutos, por Tino Kadewere. A baliza do Lyon, defendida por Anthony Lopes, manteve-se inviolada nos 90 minutos, numa partida que ficou ainda marcada pela lesão de Neymar.

Pedro Martins ajudou o Montpellier a vencer o Lens por 3-2. O defesa português marcou aos 26 minutos, colocando o resultado em 2-0, mas viu o Lens chegar à igualdade aos 50 minutos. O golo de Gaetan Laborde, aos 69 minutos, deu a vitória para o conjunto de Montpellier que ocupa o 5.º lugar, a um ponto do primeiro lugar europeu.

Alemanha

A Bundesliga tem um novo líder: o Bayer Leverkusen é líder isolado da liga alemã depois de vencer o Hoffenheim por 4-1, sendo a primeira vez em seis anos que os 'farmacêuticos' se encontram sozinhos no topo.

Estugarda 'abate' Dortmund com cinco golos e Leipzig sobe à liderança na Alemanha
Estugarda 'abate' Dortmund com cinco golos e Leipzig sobe à liderança na Alemanha
Ver artigo

Mais abaixo na tabela está o Borussia Dortmund que somou o terceiro jogo sem vencer na Bundesliga, depois de ser goleado por 5-1 pelo Estugarda, 7.º classificado. Com Raphael Guerreiro a titular, os auri-negros chegaram ao intervalo empatados, mas um vendaval na segunda parte, com golos aos 52', 60', 63' e 90+1' deu a segunda derrota em três jogos para o Borussia e levou ao despedimento de Lucien Favre do comando técnico da equipa.

O lanterna-vermelha Schalke 04, ainda sem Gonçalo Paciência, esteve perto de somar a sua primeira vitória frente ao Augsburgo, mas um golo aos 90+3 tirou os três pontos aos mineiros. O jogo ficou marcado pelo choque de Mark Uth, do Schalke, com a cabeça de um adversário, que deixou o avançado de 29 anos inconsciente. Mais tarde, ficou-se a saber que o jogador tinha sofrido uma concussão cerebral, mas que se encontrava bem.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.