A cerimónia de entrega dos prémios ‘The Best', que esteve inicialmente marcada para setembro, mas foi adiada devido à pandemia de covid-19, vai realizar-se em 17 de dezembro, num evento exclusivamente virtual, anunciou hoje a FIFA.

Entre as 11 categorias, destacam-se as de melhor futebolista masculino, melhor futebolista feminina, melhor treinador e melhor treinadora, os quais serão eleitos por ‘capitães' e treinadores de todas as seleções mundiais, adeptos e representantes de órgãos de comunicação social de todo o mundo.

A votação decorrerá entre 25 de novembro e 09 de dezembro.

O argentino Lionel Messi e a norte-americana Megan Rapinoe foram galardoados em 2019 como os melhores jogadores do mundo, enquanto o alemão Jurgen Klopp e a inglesa Jill Ellis foram eleitos os melhores treinadores.

Messi arrecadou o sexto troféu de melhor futebolista do mundo (2009, 2010, 2011, 2012, 2015 e 2019), ‘descolando' do português Cristiano Ronaldo, que soma cinco (2008, 2013, 2015, 2016 e 2016/17) e que no ano passado terminou a votação em terceiro lugar, atrás do argentino e do holandês Virgil van Dijk.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.