O presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, José Manuel Rodrigues, felicitou hoje o futebolista Cristiano Ronaldo pela conquista do prémio de "Melhor Jogador do Século" nos Globe Soccer Awards, atribuídos no Dubai.

"Este é mais um dos muitos prémios do jogador madeirense que engrandecem e muito orgulham Portugal e a Região Autónoma da Madeira, em particular, e que confirmam o talento e o trabalho de um desportista de eleição", refere em comunicado de imprensa.

O presidente do parlamento regional diz que se trata de um reconhecimento "merecidíssimo e justo" ao futebolista natural da Madeira, que considera ser "excecional" no "mais alto patamar desportivo".

José Manuel Rodrigues destaca que, em 2014, a Madeira a atribuiu o Cordão Autonómico de Distinção a Cristiano Ronaldo pela "excelência já confirmada", no mesmo ano em que foi também condecorado pelo Presidente da República como Grande Oficial da Ordem D. Infante D. Henrique.

"Seja ao serviço das equipas por onde tem passado como ao serviço da seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo tem revelado um rigor e profissionalismo indiscutíveis e que são merecedores das maiores e melhores homenagens", refere o comunicado.

O futebolista português foi distinguido com o troféu de Jogador do Século nos Globe Soccer Awards, que também consagraram Jorge Mendes como o melhor agente do século XXI.

"Este prémio dá-me motivação para continuar a minha jornada e poder jogar mais alguns anos", disse o capitão da seleção portuguesa, que atua na Juventus, e que marcou presença na cerimónia realizada no Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Cristiano Ronaldo bateu a concorrência do argentino Lionel Messi, do egípcio Mohamed Salah e do antigo internacional brasileiro Ronaldinho Gaúcho, que eram os restantes finalistas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto