O jamaicano Usain Bolt, oito vezes campeão olímpico nos 100, 200 e 4x100 metros, efetuou hoje o seu primeiro treino como jogador da equipa de futebol Central Coast Mariners, da primeira divisão da Austrália.

No dia do seu 32.º aniversário, Bolt cumpriu um sonho que há muito alimentava e, numa conferência de imprensa ao lado do treinador Mike Mulvey, mostrou a sua vontade de deixar o clube “orgulhoso”, agradecendo a receção dos seus colegas de equipa.

“A receção foi muito calorosa. Todos me receberam com amor e sinto-me muito respeitado. Pedi para ser tratado como apenas mais um jogador e o treinador explicou-me que não teria tratamento especial”, afirmou o jamaicano, que revelou ainda ter recebido convites de outros países europeus para prestar provas, algo que já fez na Alemanha, Noruega e África do Sul.

A estreia de Usain Bolt pelos Mariners pode acontecer no dia 31, com antigo campeão nos Jogos Olímpicos de Pequim2008, Londres2012 e Rio2016 a admitir que “o primeiro dia de treinos é sempre o mais duro” da preparação, mas sem esconder a ambição de participar pela primeira vez num jogo de futebol oficial.

“Será uma decisão da equipa técnica. Estou aqui para me esforçar ao máximo, veremos se tenho a minha oportunidade”, finalizou Bolt, que vai permanecer nos Mariners à experiência por tempo indefinido na esperança de conseguir assinar o primeiro contrato como futebolista.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.