“Fizemos um bom jogo”, afirmou o Mitchell van der Gaag após o jogo da segunda mão da segunda pré-eliminatória, vincando que “a equipa está a crescer, está a evoluir”.

O técnico não se mostrou surpreendido pelo elevado número de golos, que foi idêntico nas duas mãos, vincando que são normais na fase de pré-temporada.
Antes, elogiou a “boa atitude” dos seus jogadores, que garante não ter sido afectada pelo atraso na viagem da véspera.

“Hoje, desde o primeiro minuto, a equipa assumiu o controlo do jogo. Por isso, fico contente”, afirmou, antes de deixar um aviso.

“Até ao minuto 80 nós fizemos um jogo bom, a um nível bom e depois sofremos um golo, sofremos mais um golo e isso não pode acontecer porque um jogo tão fácil, entre aspas, torna-se mais difícil”, admitiu.

O técnico sabia que, depois do terceiro golo do Marítimo, por Kanu, “estava tudo decidido”, mas vincou que “podia ter sido melhor”.

Por seu lado, o treinador do Sporting Fingal manifestou-se “desapontado” pelos seus jogadores.

“Não posso dizer que os rapazes não se esforçaram”, saudou Liam Buckley, reconhecendo que os jogadores da equipa ‘verde rubra’ são “muito bons tecnicamente”.

“Eles estão um nível acima de nós, a liga em que jogam”, salientou.

O antigo internacional irlandês disse que o clube, que tem apenas três anos de existência, deve aprender com esta experiência.

“Precisamos de saber que, ao nível europeu, é preciso segurar a bola”, comentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.