O treinador do FC Porto desejou hoje ganhar os próximos dois encontros no Grupo L da Liga Europa de futebol, diante dos turcos do Besiktas, após triunfo em visita ao CSKA Sófia, por 1-0, na segunda jornada.

“Na dupla jornada com o Besiktas, temos o compromisso de somar seis pontos. Mas um mínimo de três pontos podem encaminhar a qualificação. Depois há Rapid Viena e CSKA Sófia”, afirmou André Villas-Boas em entrevista à SIC Notícias.

O FC Porto lidera o agrupamento, com seis pontos, tantos quantos os do Besiktas, que visita o Estádio do Dragão em 21 de Outubro, enquanto CSKA Sófia e Rapid Viena ainda não têm qualquer ponto.

Villas-Boas, após esta 11.ª vitória em 11 jogos oficiais, desde que tomou conta dos “dragões”, reconheceu um período de menor fulgor da sua equipa na partida de Sófia, nomeadamente “um período em que o adversário teve três oportunidades que podiam ter mudado o rumo do jogo”, quando o FC Porto foi “gerindo e controlando” a partida.

Sobre os defesas centrais ao seu dispor, o técnico afirmou que “os quatro são muito competentes” a sua utilização vai “sempre depender de decisões estratégicas”, referindo-se a Rolando, Maicon, Otamendi e Sereno.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.