Em declarações após o jogo no terreno do Palmeiras, Abel Ferreira, destacou o desempenho da sua equipa que conseguiu o empate, por 2-2, frente ao Fortaleza, a jogar em inferioridade numérica.

"Há dois meses, o treinador do Palmeiras era fraco, a direção não prestava e os jogadores estavam velhos... Independente do que acontecer no fim, esta equipa tem atitude campeã", comentou.

"O meu maior orgulho nesta equipa é a atitude, a forma como fazemos das tripas coração para dependermos só de nós. Temos três finais, preciso da ajuda dos nossos adeptos agora, com jogos na nossa casa. Está tudo em aberto, e vamos ter campeonato até o fim", o técnico português não poupou os seus jogadores as rasgados elogios.

Abel Ferreira comentou ainda a relação "tão forte" que criou com os adeptos do Palmeiras.

"Tenho um respeito muito grande pelos adeptos do Palmeiras, mesmo os que são mais cornetas. Nunca imaginei na minha vida, quando atravessei o Atlântico, que criaria uma relação tão forte com os jogadores, com o emblema e com os adeptos. Tenho uma gratidão muito grande para com todos os nossos adeptos, que são muito importantes nas nossas conquistas. Tenham certeza que fazemos o máximo que conseguimos e podemos para vos dar alegrias", concluiu.

O Verdão lidera o campeonato com os mesmos pontos do Flamengo, segundo classificado, a três jogos do final do campeonato.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.