Num evento solidário do Flamengo, Jorge Jesus falou sobre o percurso que a equipa do 'mengão' tem percorrido desde a sua chegada.

"O Flamengo estava no caminho certo para conseguir a hegemonia no futebol brasileiro, antes de eu vir. Não tenho dúvidas disso, mas também é verdade que esta pandemia foi muito má para o percurso desportivo do Flamengo porque quebrou o entusiasmo que estávamos a gerar", admitiu.

"O sucesso também tem a ver com a forma como os jogadores compraram a minha ideia e me aceitaram. Se eles não aceitassem, seria difícil. Uma coisa é querer ser exigente, outra coisa é operacionalizar a exigência. Isso é que é difícil", acrescentou.

Além disso, Jorge Jesus apontou ainda uma peça fundamental para o seu sucesso no 'mengão'. "O Júlio César foi meu jogador no Benfica e quando soube que eu vinha para o Flamengo, falou com vários jogadores do clube, de quem tinha sido colega e avisou-os: ‘se vocês o aceitarem, as coisas vão ser fáceis. Ele é exigente, não pára’. É a minha forma de trabalhar, que exige muito dos jogadores, algo que nem todos conseguem suportar", rematou Jorge Jesus.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.