Horas depois de ter sido condecorado com a Ordem do Infante D. Henrique, Jorge Jesus concedeu uma entrevista à RTP, onde fez um balanço sobre os últimos cinco meses no Flamengo.

O treinador português falou sobre o seu método de trabalho e diz que criou "uma forma de trabalhar" única entre os treinadores de futebol.

"Sempre o disse, se calhar agora ouvem-me com mais atenção. Toda a minha forma de trabalhar foi criada por mim. Durante 30 anos. Sou um criador, sempre fui diferente dos outros. Tenho uma ideia de jogo que é fundamentada nas minhas ideias", começou por dizer.

"Não podes é esquecer que trabalhas com pessoas. Não é com jogadores, é com seres humanos, que erram, que têm sentimentos. A grande força do êxito foi os jogadores acreditarem cegamente no que tínhamos para propor", prosseguiu.

Jesus considera ainda que "a forma como os jogadores perceberam as ideias do treinador" foi fundamental. "Nunca encontrei um grupo tão bom, que acreditasse tanto no treinador e que o amasse tanto. Era difícil eu dizer 'amar' antes de chegar ao Brasil, agora digo com facilidade", sustentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.