O diretor técnico da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), José Couceiro, destacou que o prémio para melhor treinador do ‘Brasileirão’, atribuído a Jorge Jesus esta segunda-feira, é um motivo de orgulho e um reconhecimento da capacidade dos técnicos lusos.

"Para todos nós é sempre um motivo de orgulho e, para a classe dos treinadores, é o reforço de que têm qualidade e que se conseguem impor no mundo. Este prémio atribuído a Jorge Jesus e à sua equipa técnica vem aumentar a nossa responsabilidade, mas é uma responsabilidade que nós gostamos de ter. E que vem reforçar esse mesmo reconhecimento. Os treinadores portugueses, hoje, são reconhecidos no mundo, em todos os continentes", disse à agência Lusa José Couceiro.

O técnico português Jorge Jesus, que se sagrou campeão da liga brasileira de futebol e da Taça dos Libertadores ao serviço do Flamengo, venceu hoje o prémio "Bola de Prata" da ESPN Brasil para melhor treinador, sendo o primeiro estrangeiro a vencer a categoria.

Brasileirão: Jorge Jesus volta a fazer história no Brasil. Ex-FC Porto é o Melhor Lateral Esquerdo
Brasileirão: Jorge Jesus volta a fazer história no Brasil. Ex-FC Porto é o Melhor Lateral Esquerdo
Ver artigo

"Temos treinadores espalhados pelo globo. O Jorge Jesus, e a sua equipa, ganharam agora a Taça dos Libertadores. Antes, o Manuel José tinha vencido em África, ganhando a Liga dos Campeões Africanos quatro vezes, José Mourinho ganhou a Liga dos Campeões, o Artur Jorge também, portanto, é todo um reforço ao longo destes anos do prestígio dos treinadores portugueses", assinalou o dirigente, à margem do lançamento do livro "Almanaque da Formação", de Rui Miguel Tovar, em Lisboa.

E reforçou: "Esse reconhecimento hoje do futebol brasileiro em relação a um treinador português e a uma estrutura técnica portuguesa tem que nos deixar orgulhosos. Ficamos satisfeitos por continuarmos a abrir caminhos, num mundo que é cada vez mais global, mas em que nós, felizmente, temos conseguido chegar a esses grandes campeonatos e ter treinadores com sucesso".

Questionado sobre o recente regresso de José Mourinho à ‘Premier League’, desta feita ao comando do Tottenham (depois de Chelsea e Manchester United), Couceiro também considerou algo de muito positivo para o estatuto dos treinadores portugueses.

"O regresso dele à ‘Premier League’ só vem demonstrar o reconhecimento que a própria ‘Premier League’ tem por um treinador com a capacidade dele. E isso para nós é importante porque, tal como é importante ter um lote de treinadores portugueses tão vasto no mundo, é preciso ter essas primeiras figuras, que são reconhecidas como tal, e que estão num espaço competitivo, neste caso, a ‘Premier League’, que é de facto o campeonato com maior capacidade financeira do mundo", lançou.

José Couceiro deixou ainda uma palavra aos selecionadores nacionais de futebol, futsal e futebol de praia, pelas conquistas internacionais obtidas nos últimos anos, casos do Europeu (2016) e da Liga das Nações (2019), por parte de Fernando Santos, do Europeu de futsal (2018), com Jorge Braz, e do Europeu e do Mundial de futebol de praia em 2019, com Mário Narciso.

"O reconhecimento público e mundial a tudo o que o Fernando Santos conseguiu durante estes últimos anos é notório. Hoje, no espaço dos selecionadores nacionais, é uma referência. E muitos querem perceber porque é que o Fernando Santos faz as coisas desta forma, e as pessoas querem entender porque é que Portugal trabalha desta forma. Mas se formos ao futsal, querem saber porque é que o Jorge Braz trabalha desta forma, e, se formos ao futebol de praia, querem saber porque é que o Mário Narciso funciona desta forma", sublinhou.

O responsável considerou mesmo que "Portugal está a viver, provavelmente, o melhor período, sem desprimor pelas grandes gerações dos anos 60, 80, e até mais atrás, sem desprimor por ninguém”.

“Portugal está a viver um momento único, que vai ser sempre recordado como um momento fantástico, seja ao nível das suas equipas, seja ao nível dos sucessos das suas seleções", completou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.