Lucas Lima, alvo dos azuis-e-brancos neste mercado de transferências, afirmou esta quinta-feira que o seu desejo é permanecer no Brasil e Santos, até porque pretende chegar à seleção do seu país.

"Foi meu desejo ficar, junto com minha família. A proposta era boa, mas não como eu queria. Estou feliz e adaptado aqui. Pesou meu desejo de ir à Seleção”, afirmou o jogador numa conferência de imprensa esta no Centro de Estágio do clube paulista.

O jogador reconhece que foi difícil manter-se focado com tantas notícias sobre si.

“Quando eu estava próximo de sair, foi difícil manter o foco só nos jogos, por isso coloquei meu pai para resolver. Mas não creio que meu rendimento tenha caído tanto assim”, frisou.

O Santos atravessa nesta altura problemas financeiros, tendo salários em atraso. O brasileiro reiterou a confiança no presidente Modesto Roma para que tudo se resolva a breve trecho.

“É incómodo, mas no campo não atrapalha. No balneário não falamos nisso. Confiamos na palavra do presidente.", concluiu.

Recorde-se que numa entrevista recente ao jornal O Jogo, o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, manifestou o seu desejo de contar com o jogador do Santos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.