As palavras menos simpáticas do ex-presidente do Corinthians, Andrés Sánchez, sobre Abel Ferreira no podcast 'Benja Me Mucho' têm gerado polémica.

"Trabalhar no Brasil não é para qualquer um. Falam do Abel, mas o Abel Ferreira foi um aborto da natureza. Nem o Palmeiras acreditava nele. Veio porque tinha de vir, não tinha opção", começou por afirmar.

"E deu certo, é um bom treinador. Mas eu sou contra treinadores estrangeiros, principalmente, na seleção brasileira. Acho que temos treinadores competentes e preparados para dirigir a seleção brasileira e qualquer clube deste país", concluiu Sánchez, que foi presidente do Corinthians entre 2007 e 2021.

Ao serviço do Palmeiras, o treinador português já conquistou duas Taças Libertadores, uma Supertaça Sul-Americana, um título de campeão brasileiro, uma Taça do Brasil e ainda uma Supertaça do Brasil.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.