Felipe Melo é conhecido pela agressividade com que disputa cada lance. O médio brasileiro de 35 anos representa atualmente o Palmeiras, clube treinado por Luiz Felipe Scolari, antigo selecionador de Portugal.

Este domingo, o 'Verdão' venceu o Cruzeiro de Belo Horizonte por 3-1, num jogo a contar para a 27.ª ronda do Brasileiro e igualou o Internacional de Porto Alegre na liderança da prova.

O jogo foi marcado por muita confusão, dentro e fora dos relvados. Felipe Melo viu amarelo no encontro, o 11.º no Brasileirão, o 21.º nos 43 jogos que já leva esta época (entre Taça do Brasil, Brasileirão, Campeonato Estadual Paulista e Taça Libertadores). Questionado na zona mista por ter visto mais um amarelo, o 'Cachorro louco', como é conhecido pelos adeptos do Palmeiras, deu Sergio Ramos como exemplo.

"Primeiro, não estou aqui para agradar A ou B. Se tiver que fazer falta e levar cartão amarelo, vou fazer. No regulamento não tem nada que diga que não posso levar amarelo. Difícil é melhor. Queria ser como o Sergio Ramos, que só leva amarelo e é dez vezes campeão da Champions", afirmou Felipe.

Ao todo, já são 21 amarelos distribuídos da seguinte forma: dois na Libertadores, 11 no Brasileirão, quatro na Taça do Brasil e quatro no Campeonato Paulista. Conta ainda com dois vermelhos: um na Libertadores, outro no Brasileirão.

Depois de jogar no Flamengo, Cruzeiro e Grêmio, o médio defensivo emigrou para a Europa onde representou os espanhóis do Mallorca, Racing Santander, Almeria, os italianos da Fiorentina, Juventus, Inter Milão e os turcos do Galatasaray.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.