A Portuguesa dos Desportos pode baixar para a Série B do Campeonato Brasileiro na secretaria, caso o Superior Tribunal de Justiça Desportiva confirme que a Lusa utilizou o médio Héverton de forma irregular, na 38ª jornada do Campeonato Brasileiro.

Caso se confirme o rebaixamento, o Sindicato das Panificadoras de São Paulo, que conta com muitos portugueses e adeptos da Lusa, prometem lançar o caos na cidade e boicotar os patrocinadores da Confederação Brasileira de Futebol. Nesse caso, o clube beneficiado seria o Fluminense que assim evitaria a descida de divisão.

A ideia partiu de Vítor Dinis, adepto do clube.

«É uma manifestação que eu estou a mover, com a anuência do sindicato. Vou ligar para todas as padarias de São Paulo para fazer um boicote contra as empresas que patrocinam o Campeonato Brasileiro. Eu é que vou suportar tudo, com a anuência do sindicato. Vou pôr gente para telefonar para fazer esse boicote», afirmou à imprensa brasileira.

Antero Pereira, presidente do Sindicato dos Panificadores de São Paulo já confirmou que os afiliados estão a aderir ao movimento.

De acordo com dados do Sindicato dos Panificadores de São Paulo, há cerca de 6 mil padarias na cidade, sendo que 70 por cento pertence a portugueses ou descendentes. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.