Depois do despedimento de Carlo Ancelotti, surgiram várias opiniões e reações sobre este caso. Marks Babbel, antigo jogador e treinador do Lucerna, foi o mais recente elemento do futebol mundial a dar a sua opinião.

Em declarações reproduzidas pelo Maisfutebol, Babbel acredita que Ancelotti não teve toda a culpa que lhe é atribuída.

"Chateia-me um pouco que toda a responsabilidade tenha passado para Carlo Ancelotti, Ribéry deu um grande contributo para o clube e tem sido um jogador fantástico, mas o que ele fazia já não o faz mais, começou por afirmar Babbel, em declarações na Sky90.

O antigo defesa do clube bávaro chegou mesmo a criticar o momento de forma do extremo francês na Liga dos Campeões.

"Nos últimos dois anos, Ribéry não marcou na Liga dos Campeões, mas ainda se acha do mesmo nível de Cristiano Ronaldo ou Messi", afirmou.

Babbel defendeu assim o técnico italiano, despedido na semana passada.

"O clube tinha de reagir. Este é o problema. Se Ribéry acha que foi insultado, liga para o Uli Hoeness e, aí, como treinador já se está a perder", disse, acrescentando que os jogadores têm de se atualizar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.