O Borussia Dortmund foi hoje ‘castigado’ pela própria ineficácia ofensiva e perdeu por 2-1 na visita a Hoffenheim, falhando a aproximação à dupla de líderes da Liga alemã de futebol, na abertura da 17.ª jornada.

O Dortmund, que teve o internacional português Raphaël Guerreiro no banco de suplentes, adiantou-se no marcador aos 17 minutos, por intermédio de Mario Götze, mas foi desperdiçando oportunidades atrás de oportunidades para aumentar a contagem e mantendo o encontro em ‘aberto’.

O que poderia ter sido uma goleada do Borussia acabou por transformar-se numa vitória do Hoffenheim, que empatou o encontro aos 79 minutos, através do arménio Sargis Adamyan, antes de o croata Andrej Kramaric consumar a reviravolta dos anfitriões, aos 87.

Após este jogo, o último antes da paragem de inverno da ‘Bundesliga’, o conjunto de Dortmund, quarto classificado, com 30 pontos, os mesmos do Bayern Munique, terceiro, falhou a aproximação a Leipzig e Borussia Mönchengladbach, que dividem a liderança, com 34.

Por seu lado, o Hoffenheim entrou, provisoriamente, em ‘zona europeia’, ao subir ao sexto lugar, com 27 pontos, embora com mais um jogo do que Friburgo e Bayer Leverkusen, ambos com 25.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.