O treinador do Manchester City, Pep Guardiola, reconheceu que está muito impressionado com as capacidade e juventude de Erling Haaland, mas alerta que Dortmund não é apenas o avançado norueguês e que é preciso ter cuidado com o Dortmund, na terça-feira, em jogo da primeira mão dos quartos de final da Champions.

"É incrível o facto de ele ainda ir fazer 21 anos, mas não podemos estar focados em apenas um jogador, mas no coletivo. O Dortmund é uma equipa muito ofensiva. Vi os seus jogos frente ao Atlético Madrid, que foram complicados e anteriormente marcaram três golos ao Sevilha. Eles jogam com quatro jogadores muito ofensivos e vão apostar e no contra-ataque para aproveitaram os espaços. Eles não podem ter espaço. Não devemos mudar o nosso estilo de jogo, a chave passa por controlar o jogo do nosso modo", realçou o técnico espanhol.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.