Isco Alarcón já não vai ser jogador do Union Berlin. O criativo espanhol estava em negociações com o emblema da Bundesliga e parecia tudo bem encaminhado para um entendimento, mas o negócio acabou por cair.

Oliver Ruhnert, diretor desportivo, explicou, numa nota partilhada nas plataformas digitais do clube, o que correu mal."Gostávamos de poder contar com Isco, mas temos os nossos limites.

Ao contrário do que aconteceu em acordos interiores, esses limites foram ultrapassados hoje, motivo pelo qual a transferência não se concretizou", assinalou o dirigente.

Isco já estava em Berlim à espera de luz-verde para realizar os exames médicos e assinar contrato. Com o negócio a não avançar, Isco continua a ser um jogador livre, após rescindir com o Sevilha, clube onde apenas esteve seis meses. O médio de 30 anos tinha chegado ao emblema da Andaluzia no último verão, a custo zero, após terminar contrato com o Real Madrid.

No Union de Berlim, equipa sensação da Bundesliga (2.º, a um ponto do líder Bayern Munique) joga o português Diogo Leite.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.