O Leipzig foi hoje a Dortmund empatar 3-3 com o Borussia, em jogo 'eletrizante' da 16.ª jornada da Liga alemã de futebol, conservando a liderança da prova.

O jogo cedo ganhou espetacularidade pela preponderância ofensiva das duas equipas, mas as defesas do guarda-redes da casa, o suíço Roman Burki, fizeram a diferença na vantagem de dois golos do Borússia ao intervalo, o primeiro de Julian Weigl (23 minutos), após assistência do internacional português Raphael Guerreiro, e o segundo por Julian Brandt (34).

Na segunda parte, porém, o mesmo Burki viria a comprometer, ao ‘oferecer’ o golo que faria reentrar o Leipzig na discussão do resultado, logo aos 47, quando, ao sair da área, sem ninguém a estorvá-lo, resolveu jogar a bola de cabeça, fazendo uma assistência a Timo Werner, que fez o 2-1.

Bastaram mais cinco minutos para o Leipzig restabelecer a igualdade, pelo mesmo Timo Werner, mas o jogo continuou intenso e repartido, com o Borussia a recolocar-se na frente do marcador, aos 55, e o Leipzig a empatar novamente, desta vez pelo avançado checo Patrick Schick, lançado em campo aos 62, a render o dinamarquês Yussuf Poulsen.

Nos outros jogos de hoje da 16.ª jornada, o Mainz goleou o Werder Bremen, em casa deste, por surpreendente 5-0, o Augsburgo recebeu e venceu o Dusseldorf por 3-0, enquanto o União de Berlim foi derrotado em casa pelo Hoffenheim, por 2-0.

O Leipzig lidera a 'Bundesliga' com 34 pontos, seguido do Borússia Moenchengladbach, que pode igualar o líder na quarta-feira na receção ao Paderborn, com 31, do Borússia Dortmund, com 30, e do Schalke, com 28, que defronta o Wolfsburgo, no mesmo dia, em casa deste.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.