Depois de três épocas no Werder Bremen a um bom nível, Diego rumou a Itália, na época passada, para representar a Juventus.

A verdade é que o clube transalpino atravessou um ano muito complicado onde os resultados não apareceram e o brasileiro acabou por ser uma das vítimas no final da temporada.

Em entrevista, ao site “Goal”, Diego reconhece que não fez uma temporada ao seu nível: “Reconheço que não foi uma boa temporada para mim. Tínhamos uma boa equipa, mas não funcionou por alguma razão. Gostaria de ter podido dar mais aos adeptos da Juve, mas a verdade é que toda a equipa por completo não funcionou”.

A sua menor prestação no clube acabou por ter levá-lo a ficar fora das escolhas de Dunga para o Mundial de futebol 2010: “Estava a ser convocado regularmente, mas de repente deixei de o ser”.

O jogador aponta agora baterias para o Mundial 2014 que irá ser jogado no Brasil: “Sempre sonhei estar na Selecção, mas 2014 será algo especial para todos nós. O Mundial irá jogar-se no nosso país. Espero estar bem para estar lá e darei o meu máximo para que isso aconteça”.

Ao cabo de quatro jogos na Bundesliga, Diego tem-se destacado pelo facto de já ter apontado dois golos, contudo estes têm sido insuficientes para o Wolfsburgo. Em quatro jogos, o clube germânico conta apenas com uma vitória e três derrotas averbadas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.