O Union Berlim anunciou que vai castigar Sebastian Polter, avançado alemão. O jogador recusou a redução salarial proposta pelo clube para minimizar o impacto financeiro provocado pelo coronavírus e vai ser afastado da equipa até ao final da temporada, altura em que o contrato de Polter chega ao fim.

"Um dos valores fundamentais do Union Berlim é esta sólida comunidade que formamos e em que estamos cá uns para os outros e para o clube. O Sebastian é o único membro da equipa e do staff que não o faz. Isto não é justificável e é extremamente desapontante. A minha obrigação, durante este período difícil, é proteger a coesão do clube e, por isso, decidimos que não fará mais parte das convocatórias a partir de agora", comunicou Dirk Zingler, presidente do Union Berlim.

Sebastian Polter chegou ao Union Berlim em 2017, proveniente dos ingleses do Queen Park Rangers, e esta temporada somava dois golos em 13 jogos disputados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.