Wenger nega possibilidade de treinar Bayern: "Nunca fui candidato"

Treinador francês é apontado como favorito para suceder a Niko Kovac no comando dos bávaros.
Wenger nega possibilidade de treinar Bayern:
Arsène Wenger durante o jogo entre Arsenal e West Ham. EPA/KIERAN GALVIN

Arsène Wenger está sem clube desde que deixou o Arsenal no final da temporada 2017/2018, mas agora o técnico francês surge como favorito para assumir o comando técnico do Bayern Munique, após a demissão de Niko Kovac.

Questionado sobre essa possibilidade pela 'BeIn Sports', Wenger garantiu que treinar o Bayern não é uma possibilidade.

"Nunca fui candidato, tive uma abordagem do Bayern, mas nunca estive na luta pelo lugar. Isto é claro e definitivo, mas não significa necessariamente que não vou treinar outra equipa no futuro", disse o treinador francês.

Arsène Wenger deixou o Arsenal, ao qual esteve ligado durante 22 anos, em maio do ano passado, e desde aí está sem clube.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Veja também

 
 

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.