O treinador do Mindelense quer vencer os próximos dois jogos do Campeonato de Cabo Verde e passar às meias-finais da prova. Em entrevista exclusiva ao SAPO Desporto, o treinador dos Leões da Rua da Praia, Mindelo, falou das dificuldades em ganhar os jogos no Nacional de futebol, principalmente em casa.

«Não é fácil vencer no campeonato, principalmente em casa. Acho que é mais fácil vencer fora de portas. No ano passado a qualificação para as meias-finais foi perdida em casa, depois de a  equipa perder o Regional. Não é fácil fazer bons resultados em casa porque os adversários jogam fechados lá atrás», afirmou, defendendo que cada um joga com pode e sabe.

 «Atenção que isto não é uma crítica. Cada equipa joga com as armas que têm. A vez é difícil, vê-se o caso do Sporting da Praia [dois empates na Várzea com Académica do Porto Novo e Solpontense]. Isso demonstra que as equipas grandes têm dificuldades em jogar em casa e tudo isso é mérito de quem sabe defender também», justificou Bubista.

Mas o técnico do Mindelense diz que a sua equipa está preparada para estes percalços e com vontade de vencer os jogos que faltam. Até porque, garante, os jogadores estão melhor preparados psicologiamente.

«Esperamos que os próximos dois jogos venham na linha dos últimos dois e ao encontro do que fizemos também no Regional, onde vencemos todas as competições. Sabemos do nosso valor, confiamos nas nossas qualidades. Pensamos que somos um candidato ao título e vamos fazer por isso», atirou o treinador dos encarnados do Mindelo.

O facto de o Mindelense e o Sporting da Praia não estarem a liderar os respetivos grupos tem uma explicação para Bubista. O treinador do Mindelense sublinha que os nomes não ganham jogos e que houve uma grande evolução nos campeões das outras ilhas.

«Antes de começar qualquer competição, há equipas que são consideradas como candidatas. Mas isso nem sempre se vê em campo. Hoje em dia no Nacional de Futebol, qualquer equipa tem pessoas experientes, competentes, com qualidade para vencer em qualquer campo, jogadores com maturidade, sendo que muitos deles estão quase sempre no campeonato. As equipas com mais nome têm tarefa cada vez mais complicada. Há cada vez mais jogadores jovens, treinadores jovens e outros já com muita experiência com muita qualidade», afirmou Bubista.

O Mindelense recebe este sábado a Ultramarina de São Nicolau, equipa que está praticamente afastada da fase seguinte. Os "leões" da Rua da Praia são terceiros no Grupo A, com seis pontos, menos um que o Académico do Sal e menos três que o líder, Desportivo da Praia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.