Com mais ou menos dificuldade, estão escolhidos os quatro semifinalistas da Taça das Confederações. Portugal. Chile, Alemanha e México marcaram um lugar na próxima fase da prova depois de conseguirem ficar em primeiro e segundo lugar dos respetivos grupos.

1ª jornada: Empate entre candidatos e vitórias sofridas

Recordemos então o caminho até às meias finais da prova. Na primeira jornada do Grupo A, Portugal e México defrontaram-se mas a seleção portuguesa não conseguiu manter duas vantagens e acabou por empatar 2-2 com o México. Quaresma e Cédric Soares marcaram para os portugueses, enquanto que Javier 'Chicharito' Hernández e Héctor Moreno fizeram os tentos mexicanos.

No outro jogo do Grupo A, a anfitriã Rússia começou bem a participação na prova, ao conseguir vencer a congénere da Nova Zelândia por 2-0. Um auto-golo de Michael Boxall e um golo de Fyodor Smolov fizeram os resultados no arranque da competição.

Já no Grupo B, o Chile acabou por ter uma jornada complicada frente à seleção dos Camarões, com o vídeoárbitro a anular e a validar um golo para a equipa chilena. Só depois do 80 minutos é que a seleção de Alexis Sanchéz e companhia conseguiu garantir os três pontos.

Também a Alemanha não teve uma jornada fácil frente à Austrália. Apesar de ter entrado a vencer aos 5 minutos, por Lars Stindl, os 'socceroos' conseguiram empatar aos 41 minutos por Tom Rogic. A seleção germânica voltou a colocar-se em vantagem aos 44 minutos, numa grande penalidade convertida por Draxler.

Na segunda parte, a Alemanha voltou a entrar melhor, com Leon Goretzka a marcar o terceiro golo, aos 48 minutos. No entanto, Tomi Juric marcou o segundo golo da equipa australiana e o resultado ficou em dúvida até final. Apesar do susto, a Alemanha acabou mesmo por vencer o jogo por 3-2.

2ª jornada: Vitórias de Portugal e México com Alemanha e Chile a anularem-se

A segunda jornada arrancou e Portugal e México conseguiram a primeira vitória na Taça das Confederações.

Um golo aos oito minutos de jogo por Cristiano Ronaldo foi tudo o que foi preciso para levar de vencida a seleção da Rússia. Apesar das várias oportunidades criadas pela equipa lusa, o resultado acabou mesmo com uma vitória pela margem mínima.

Já o México venceu a Nova Zelândia por 2-1, num jogo com muita polémica, também devido ao videoárbitro. Chris Wood ainda marcou primeiro para os neozelandenses mas um golo de Raúl Jiménez e outro de Oribe Peralta na segunda parte acabaram por dar a vitória à equipa da América Central. No entanto, as novas tecnologias acabaram por resultar em confusão. Depois de uma confusão entre vários jogadores das duas equipas, o árbitro acabou por ir ver as imagens de vídeoárbitro e distribuiu vários amarelos por jogadores dos dois conjuntos.

No Grupo B, não existiram vitórias e as duas partidas acabaram exactamente com o mesmo resultado. A seleção dos Camarões empataram a um golo com a Austrália, o mesmo resultado que se verificou na partida entre o Chile e a Alemanha.

No jogo entre os camaroneses e australianos, Zambo Anguissa marcou nos descontos da primeira parte mas um golo de Mark Milligan, aos 60 minutos, de grande penalidade, acabou por resultar num empate.

Algo que também se passou na partida entre a Alemanha e o Chile. Alexis Sanchéz marcou logo aos 6 minutos mas um golo de Lars Stindl, aos 41 minutos acabou por fazer o resultado final da partida, deixando tudo por decidir para a última jornada.

3ª Jornada: Estão definidos os semifinalistas da prova

Uma goleada, duas vitórias e um empate. Foi com estes resultados que ficaram definidas as meias-finais da Taça das Confederações.

Portugal teve o resultado mais expressivo da competição, ao derrotar a seleção da Nova Zelândia por 4-0. Cristiano Ronaldo, de grande penalidade, Bernardo Silva, André Silva e Nani marcaram os golos portugueses, que permitiram à seleção lusa garantir o primeiro lugar do Grupo A.

Na outra partida do grupo, o México derrotou a Rússia por 2-1. Aleksandr Samedov até marcou primeiro para a equipa soviética mas mais uma reviravolta mexicana, com golos de Néstor Araujo e Hirving Lozano acabaram por dar a vitória e a segundo lugar do Grupo A.

No Grupo B, a Alemanha conseguiu mais uma vitória, frente aos Camarões por 3-1. A seleção germânica começou bem ao marcar primeiro, por Kerem Demirbay, aos 48 minutos, com Timo Werner a aumentar a vantagem aos 66 minutos. A seleção dos Camarões ainda esboçou uma reação, com Aboubakar a marcar aos 79 minutos mas apenas dois minutos depois, Timo Werner aumentou a vantagem e confirmou a vitória e o primeiro lugar do Grupo B.

Na outra partida do grupo, o Chile não foi além de um empate a uma bola com a Austrália e esteve quase com um pé fora da competição. James Troisi marcou para os 'socceroos' e uma vitória da Austrália colocava o Chile fora da prova. No entanto, Martín Rodríguez acabou por marcar e garantiu o segundo lugar do Grupo B.

Agora, nas meias-finais da prova, Portugal vai defrontar o Chile e a Alemanha vai defrontar o México. Os vencedores seguem para a final onde têm a ambição de conquistar a Taça das Confederações.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.