Os futebolistas brasileiros David Luiz e Daniel Alves apoiaram hoje os manifestantes brasileiros que têm criticado os aumentos nos serviços públicos durante a Taça das Confederações e os gastos feitos para preparar o Mundial de 2014.

David Luiz, ex-jogador do Benfica, abordou o assunto durante uma conferência de imprensa de antevisão para o próximo encontro da seleção brasileira na competição e confessou-se um «apoiante das manifestações» que têm decorrido nos últimos dias, desde que estas sejam conduzidas de forma «pacífica».

«Os cidadãos têm o direito de expressar as suas opiniões se estiverem descontentes com alguma coisa, é uma maneira de fazerem ouvir as suas exigências e de melhorarem a situação no país», disse o defesa central brasileiro.

O jogador do Chelsea ainda tem «esperança de que o Brasil possa progredir» e considera que é muito importante que o «povo brasileiro lute para conseguir melhores condições nas áreas da saúde e da educação».

«Penso que o que nós precisamos é de mais união e, esperançosamente, isso poderá existir no futuro, para que a situação do país possa ser melhor. É claro que ninguém está satisfeito neste momento com um clima de violência», concluiu.

Por sua vez, o defesa Daniel Alves, do Barcelona, exprimiu o seu apoio aos manifestantes brasileiros através de uma das suas contas nas redes sociais, publicando, juntamente com uma fotografia de um dos manifestantes, a frase: «Ordem e progresso sem violência, por um Brasil melhor, por um Brasil em paz, por um Brasil educado, por um Brasil saudável, por um Brasil honesto, por um Brasil feliz».

A Taça das Confederações, que decorre atualmente no Brasil, teve início no passado sábado e tem sido marcada pela ocorrência de várias manifestações perto dos estádios, com os manifestantes a demonstrarem o seu descontentamento para com os investimentos milionários que foram feitos para a realização de diversos eventos desportivos, nomeadamente o Mundial de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.