O Petro de Luanda recebe, este domingo, no estádio 11 de Novembro, o Hessein Dey da Argélia, numa altura em que está proibido de perder, sob pena de comprometer em definitivo os objectivos de qualificação aos quartos-de-final da Taça da Confederação em futebol.

O desafio diante dos argelinos, a contar para a quinta jornada do grupo D, é de extrema importância para o único sobrevivente angolano nas Afrotaças, porque, por um lado, pode relançar as chances de apuramento, como as hipóteses esfumarem-se.

Os petrolíferos ocupam a última posição, com quatro pontos, contra sete do seu adversário, líder do grupo.

Este encontro é igualmente uma oportunidade dos tricolores se redimirem do desaire passado de 0-1, frente ao Zamalek do Egipto, em pleno 11 de Novembro, bem como servirá de vingança diante deste oponente do próximo domingo, que venceu na primeira volta por 2-1.

Job, Vá, Tiago Azulão, Toni e companheiros terão de se empenhar a fundo, para devolverem as esperanças aos angolanos, que muito esperam por um brilharete da turma do Eixo Viário nesta prova, a segunda mais importante do calendário da CAF, a nível dos clubes.

Na última jornada, o Petro de Luanda terá uma deslocação difícil ao terreno do Gor Mahia do Quénia, equipa que ainda não desperdiçou pontos em casa, por isso, só mesmo uma vitória no domingo para alavancar o sonho dos “quartos” .

Jogos da 5.ª Jornada (10/03)

Petro de Luanda – Hussein Dey

Zamalek – Gor Mahia

Classificação do grupo D

1.º Hussein Dey – 7 pts

2.º Gor Mahia – 6 pts

3.º Zamalek – 5 pts

4.º Petro de Luanda – 4 pts

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.