Naturalmente feliz pelo apuramento para a final da Taça das Confederações, o selecionador chileno Juan Antonio Pizzi admitiu que o encontro com Portugal foi "muito equilibrado", considerando que a única forma de a equipa por si orientada ser bem sucedida é competindo desta forma.

"Foi tudo muito difícil, muito equilibrado. Estamos muito contentes, e vamos tentar jogar a final como conseguirmos. Todas as equipas são muito difíceis. A única forma de competirmos é jogarmos como hoje, sempre no limite. Temos de aproveitar oportunidades e fazer golos. Não podemos deixar de ter muita intensidade e concentração, se não não ganhamos", analisou o técnico sul-americano.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.