Um verdadeiro passeio! Assim se pode catalogar o jogo da Nigéria frente ao Taiti, jogo que encerrou a primeira jornada do Grupo B da Taça das Confederações. Os campeões africanos golearam por 6-1 e poderia ter sido mais, não fosse a desinspiração das Super Águias na hora de marcar.

A Nigéria entrou a todo o vapor e marcou aos cinco minutos pelo "bracarense" Elderson, num remate que sofreu um desvio antes de entrar na baliza de Samin.

Os campeões africanos não abrandaram o ritmo e fizeram dois golos de rajada, por intermédio de Oduamadi, colocando o resultado em 3-0 ao intervalo. Pelo meio, uma mão cheia de perdidas incríveis da formação nigeriana.

No segundo tempo, o Taiti marcou o seu golo de honra. O herói foi Tehau, que apontou o primeiro golo de sempre do Taiti na prova, nesta que é a sua primeira participação na Taça das Confederações.

As Super Águias não pararam e mesmo sem forçar muito o andamento, marcaram mais três golos. Jonathan Tehau, que tinha sido herói ao marcar o golo do Tahiti, traiu o seu guarda-redes e desviou para a própria baliza um remate de Oduamadi.

O mesmo Oduamadi haveria de fazer o terceiro golo na conta pessoa, o quinto dos africanos, cabendo a Elderson fechar a contagem, ao fazer um bis a dez minutos do final do encontro.

Um resultado que poderia ter sido mais desnivelado, tal é a diferença entre as duas equipas. Para se ter uma ideia, o Taiti tem apenas um jogador profissional: Vahirua.

 Na próxima ronda os taitianos defrontam a poderosa seleção espanhola e a questão que se põe é por quantos golos irá ganhar 'La Roja'. Os nigerianos medem forças com o Uruguai.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.