Pizzi afirmou que está muito contente por ter conquistado a medalha de bronze, mas realçou que toda a equipa queria uma cor diferente. Na zona de entrevistas rápidas da RTP, o médio português elogiou a equipa do México.

“A medalha é uma conquista especial, mas queríamos outra cor porque o objetivo era outro. Foi uma vitória saborosa frente a um rival complicado, mas foi uma vitória justa para nós”.

Sobre o terceiro lugar, Pizzi reiterou que a equipa sai feliz e de cabeça erguida, mas o terceiro lugar é um mal menor da Taça das Confederações.

“Queremos ter vencido a competição. Não foi possível, mas demos tudo para o terceiro lugar que é um mal menor. Obviamente que queríamos acabar a competição na final. Estamos felizes, mas o objetivo era a final.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.